Publicado em

As 11 Dicas para tirar partido dos seus arranjos de costura/roupa

A não ser que você seja aquele tipo de pessoa que tudo o que compra não precisa de qualquer tipo de ajuste ou arranjo de roupa, o mais provável, é que, a determinada altura tenha que visitar uma loja de costura e tratar de dar aquele toque especial à sua roupa para que fique impecável.

Ora nós somos os especialistas na matéria e achámos que dar-lhe algumas dicas podem ajudar no processo.  Siga-as aqui e partilhe com os seus amigos.

  1. É possível ajustar a sua roupa muitas vezes de formas que não imaginaria possível. De qualquer forma, não arrisque demasiado em comprar aquela peça que estava em super-promoção e era 4 números acima do seu. É bem possível que ao cortar e recortar a peça uma vez arranjada já não se pareça em nada com aquilo que tinha pretendido no início. Somos uns artistas, mas não fazemos milagres.
  2. Quanto maior o ajuste mais intensivo será o trabalho da sua costureira na Dedalmania. Ainda que tenhamos preços perfeitamente tabelados, é normal que um trabalho que saia dos parâmetros normais lhe possa sair mais caro do que pensava.
  3. Seguindo a lógica do ponto anterior: É sempre melhor comprar algo que lhe fique um bocado grande que algo que lhe fique um bocado pequeno. O primeiro em geral tem solução, o último depende…
  4. Cuidado com as compras online. Tenha a certeza dos tamanhos que encomenda. A maior parte das lojas online providenciam bastante informação e é importante pelo que dissemos atrás.
  5. Há arranjos ou quasi-confecções cujos preços não são tabelados. Se quiser fazer aquele vestido de noite especial, aquele saco para a estação estival que se aproxima, ou mesmo o seu vestido de noiva, sugerimos que nos consulte e dar-lhe-emos com todo o gosto o nosso orçamento. O orçamento vai depender do tempo calculado estimado para fazer o trabalho, as marcações e as provas de que o vestido carecer. Normalmente o tecido, por uma questão de gosto pessoal será comprado por si.
  6. Se tem várias peças para arranjar, fale com a sua costureira e marque um dia e hora para nos visitar. Vamos querer dedicar-lhe toda a atenção e não queremos que esteja à espera sem necessidade.
  7. Há alturas na vida em que visitamos mais as lojas de arranjos de roupa. Quando encontrámos a dieta perfeita e emagrecemos, quando o contrário acontece, quando ficamos grávidas e tantas outras. Prepare com antecedência esses momentos na Dedalmania.
  8. Faça as marcações da sua roupa utilizando os acessórios com os quais a pretende utilizar. Aquele vestido de noite fantástico com os sapatos lindos de morrer. Não marque o fato com ténis se o vai usar com aqueles sapatos de couro que acabou de comprar. O mesmo se aplica a malas, colares ou outros.
  9. Por vezes as nossas costureiras e alfaiates podem aconselhar contra alguns arranjos de roupa. Pode perfeitamente perguntar-lhes porquê mas lembre-se que são profissionais que lidam com centenas e milhares de peças por ano. Aquilo que às vezes parece fazível não o é. É nossa obrigação ser transparentes e honestos consigo.
  10. O barato sai caro, já diziam as nossas mães. Na costura é também uma realidade. Não entregue a sua roupa a um profissional em que não confie. Quase todos os dias recebemos nas nossas lojas peças que provêm de outros sítios, supostamente low-cost, em que já não há salvação possível. Para quê arriscar?
  11. Tenha muito cuidado com tecidos como o veludo e as sedas. São muito sensíveis. Sobretudo se quer alargar a sua roupa. O mais provável é que os pontos originais se vejam uma vez alargada a peça.
Publicado em

Confecção do seu vestido: noiva, gala, noite, festa ou cerimonia

vestido festa

Na Dedalmania, todos os dias procuramos a perfeição. Não somos só uma empresa de arranjos como as nossas costureiras adoram ajudar as nossas clientes. Fazemos, confeccionamos e criamos vestidos por medida para qualquer ocasião.

Nada nos dá mais prazer que olhar para um modelo de vestido e fazê-lo realidade para as nossas clientes. A confecção de vestidos é uma longa tradição da Dedalmania. Temos o maior gosto, nesta época do ano em que tantas festas e casamentos se realizam, analisar e estudar consigo o seu novo projecto de vestido.

A Dedalmania é um atelier de alta costura. Temos dois atelier à sua disposição. Um na zona da Estefânia e outro nas Avenidas Novas.

Como funciona? Primeiro passo tem de escolher o modelo. Envie-nos uma foto do vestido/peça que pretende. Venha falar connosco para tirar medidas e discutir pormenores. Saiba quanto tecido vai necessitar. Procedemos à modelagem e corte do seu vestido. Faremos uma primeira prova para acertar detalhes. Não esqueça de trazer os sapatos que quer usar com o vestido. Eventualmente é necessária uma segunda ou terceira prova, dependendo da complexidade. Et voilá!

Telefone-nos e marque a sua visita. Esperamos por si.

Publicado em

Arranjos de Costura: O Fato e a manga

Como deve medir-se o comprimento da manga de um fato de homem e a camisa?

Uma das perguntas que mais nos fazem na Dedalmania Arranjos de Costura é qual deve ser o comprimento da manga de uma camisa formal. Como deve tal combinar com o cumprimento de uma manga de um fato.

Não há nada mais feio que ver um executivo mal vestido. Tira profissionalismo, parece pouco rigoroso e abandalhado. A imagem de um homem de negócios deve reflectir : Dinamismo, inovação, organização e integridade.

A camisa nunca deve ser mais comprida que o osso do punho. Nunca deve com o braço estendido ficar a meio da mão. Nem deve ser tão curto que não cubra o relógio.

A manga do fato tem de ser medida de tal forma que com o braço recolhido o punho da manga da camisa se veja e tenha pelo menos 2 a 4 cms. Com o braço estendido é fundamental que se veja a manga da camisa também. Entre 1 e 2 centímetros é recomendável. Precisa de mais informação para os seus arranjos de costura? Contacte-nos ou visite uma das nossas lojas.

Publicado em

A Bainha perfeita

A bainha perfeita e aquela que obedece a originalidade da peça, ou seja, que fica exactamente igual a bainha da peca acabada de comprar.

Há que ter em linha de conta que a bainha não fica picada depois de retirar os pontos, não fica torta, que não se desfaz logo após o primeiro uso, o tom da linha obedece ao tom original (no caso das bainhas pespontadas), que obedece a lavagem da peça (no caso dos jeans), que fica bem prensada, no fundo a bainha tem que ser feita de uma forma imaculada e a cair bem.

Há vários tipos de bainha:

Bainha simples: Aquela cujo pesponto tem a mesma medida do original desde a base ate ao pesponto, que a cor da linha é a mais próxima possível do tom original (digo mais parecido porque por vezes as linhas são tingidas com as linhas já colocadas), que o pesponto fica perfeitamente direito.

Bainha clássica (com ou sem fita): Aquela bainha que é cosida a mão sem que se veja o ponto  na parte direita  (por vezes devido a textura dos tecidos é um processo difícil, pois tem que obedecer a espessura da agulha e o tipo de linha), no caso das bainhas com fita, esta tem que estar imaculadamente bem colocada para que a calca tenha um bom cair e não fique com foles.

Bainha Original: A bainha original é normalmente feita em calcas jeans, com lavagem de fabrica (aquele aspecto de usado e por vezes esgaçado). Esta bainha e feita de forma a que a barra lavada seja cortada e recolocada na calça sem que se note que foi mexida. Esta bainha permite que a calça mantenha o aspecto original. Tem que ser bem cortada e depois de abertas todas as costuras e recolocada na calca com todo o rigor original.

Bainha com fechos ou aplicações: Estas bainha podem ser simples ou originais mas teem um fecho ou outro tipo de aplicação no seu final. No caso dos fechos, teremos que analisar se a sua colocacao original permite o deslocamento total ou parcial do fecho, pois por vezes estes terminam com uma “mosca” efectuada em fabrica e muito dificil de retirar sem deixar rastro, assim nestes casos termos que encurtar o fecho, cortando, caso nao exista nada que o impeça, o fecho e subido pelo valor da marcaçao, ficando a pecha exactamente igual ao original. No caso de outras aplicaçoes, estas terao que ser analisadas por forma a ficarem com o mesmo formato.

Uma bainha perfeita, é  a chave  para o bem cair de uma peça de vestuário.

Publicado em

Campanha Facebook

Lançámos hoje a primeira campanha Facebook na Dedalmania. Oferecemos a todos os clientes que adiram um desconto de 20% no seu primeiro arranjo na nossa loja da Pinheiro Chagas. Não deixe de aproveitar!

Campanha estará disponivel durante alguns dias durante o mês de Março. Para beneficiar, basta clicar na campanha no facebook. O desconto será aplicado sobre a totalidade da factura da sua primeira visita a nossa loja com um limite maximo de 25 euros.

Publicado em

Dedalmania abre nas Avenidas Novas em Lisboa

Depois de muitos anos a desenvolver a sua actividade de atelier e loja ao publico no Jardim Constantino a Dedalmania abre a sua segunda loja na Rua Pinheiro Chagas. E um novo espaço disponivel para todos quantos necessitem ter a sua roupa em perfeitas condiçoes naquela area de Lisboa. Visite-nos em Rua Pinheiro Chagas 70-A, 1050-053 Lisboa, telefone 215 816 636

Publicado em

As marcas de luxo também precisam de quem cuide delas

24603591_GI05052016REINALDORODRIGUES908-1060x594

A loja de arranjos de costura trabalha com algumas das grandes marcas de moda que ocupam a Avenida da Liberdade e o Chiado. A seguir Mais vistas FOTOGALERIA Pestana CR7. Já viu o novo hotel de Cristiano Ronaldo por dentro? FOTOGALERIA 13 coisas que as pessoas com força mental não fazem TURISMO Vai de férias? Visite os locais que inspiraram a Disney FOTOGALERIA 10 coisas (obrigatórias) para fazer à hora de almoço ESTILO DE VIDA Vendeu uma app ao Snapchat e agora está a viajar pelo mundo Rute Trindade começou por se formar em desporto. Daí aos arranjos de costura parece um caminho pouco provável, mas foi esse que seguiu. Começou por trabalhar numa empresa de design, associou-se a um franchising de lavandarias e a outro de bijuteria, até se aperceber de uma falha nas lojas de roupa de luxo: quando o cliente pedia um arranjo, este não vinha com a qualidade da peça que era arranjada. Era outubro de 2003 quando Rute Trindade, agora com 47 anos, decidiu que era ela quem ia trazer a qualidade exigida a essas peças de luxo. “Lembrei-me de aproximar o mais possível o arranjo à peça original, em termos de acabamento”, conta ao Dinheiro Vivo a empresária. E quis fazê-lo com prazos para ontem. “Se as pessoas precisassem de uma peça para o próprio dia, eu fazia isso”, explica.

Foi com uma costureira que começou essa tarefa. Hoje, conta com 12 a 15 costureiras e alfaiates, dependendo da procura, e convence marcas como a Carolina Herrera ou a Purificación García, “entre muitas outras marcas de primeira linha situadas em zonas como a Avenida da Liberdade ou o Chiado”. O “outro” mercado é o dos clientes particulares, que, regra geral, chegam com o “passa a palavra”. Além dos arranjos, a Dedalmania dá formação aos colaboradores das lojas, para que todos falem a mesma linguagem. “As nossas costureiras não estão a ver o cliente, é um arranjo feito no escuro. Para falarmos todos a mesma linguagem e para que não haja uma interpretação diferente quando se faz a marcação de uma peça, temos essa tarefa de dar formação”, diz Rute Trindade. E, para breve, querem introduzir os arranjos on demand. “Quando os clientes não conseguem ir buscar as peças à loja, deixamo-las em casa ou no hotel. Estou a preparar uma ferramenta tecnológica para poder ter um contacto mais direto com a pessoa, para que possa pedir o arranjo sem ter de sair de casa”, adianta a fundadora da Dedalmania. Nos planos de Rute Trindade está, também, a internacionalização. The Timble (o dedal, em inglês) chega a Londres em breve, com baby steps. “O conceito vai ser igual ao de Portugal. Já encontrei um espaço e vamos lançar-nos nesse mercado, onde encontrei a mesma lacuna que em Portugal, com a diferença de que o mercado britânico é gigantesco”. Para este ano, o objetivo de Rute Trindade é aumentar as vendas em 35% a 40%. Mas Londres é, para já, o único mercado externo que está nos planos. “É um mercado enorme para explorar e vai dar imenso trabalho. É preciso pensar com os pés assentes na terra e saber que coisas não se fazem de uma vez só”.

– Veja mais em: https://www.dinheirovivo.pt/fazedores/dedalmania-as-marcas-de-luxo-tambem-precisam-de-quem-cuide-delas/#sthash.TPZ9rs0t.dpuf

Publicado em

Marcas de luxo arranjam a roupa na Dedalmania

dedalmania

Há 12 anos que a Dedalmania é responsável por fazer arranjos para algumas das principais marcas de luxo presentes em Lisboa, entre elas a Purificacion Garcia e a Carolina Herrera. Agora, a empresa portuguesa prepara-se para entrar no mercado britânico depois de ter descoberto que existe uma falha relativamente a este tipo de serviços por terras de sua Majestade.

Foi Rute Trindade, responsável pela empresa que vive em Londres, que deu por este “market gap” e que resolveu apostar na internacionalização da Dedalmania. «Tanto a nível de retalho como a nível grossista, há uma procura enorme que procuraremos satisfazer dando “baby steps” mas com a determinação de fazer esta marca portuguesa vencer» no Reino Unido. Por lá, a Dedalmania será conhecida como The Thimble, que significa “o dedal”.

Em comunicado, Rute Trindade conta ainda como o negócio se tem mantido e ganho o estatuto de referência: «Para além da qualidade e precisão dos arranjos, é fundamental o cumprimento de prazos de entrega, a resolução de reclamações e o profissionalismo da relação comercial envolvida.»