A Bainha perfeita

 

A bainha perfeita e aquela que obedece a originalidade da peça, ou seja, que fica exactamente igual a bainha da peca acabada de comprar.

Há que ter em linha de conta que a bainha não fica picada depois de retirar os pontos, não fica torta, que não se desfaz logo após o primeiro uso, o tom da linha obedece ao tom original (no caso das bainhas pespontadas), que obedece a lavagem da peça (no caso dos jeans), que fica bem prensada, no fundo a bainha tem que ser feita de uma forma imaculada e a cair bem.

Há vários tipos de bainha:

Bainha simples: Aquela cujo pesponto tem a mesma medida do original desde a base ate ao pesponto, que a cor da linha é a mais próxima possível do tom original (digo mais parecido porque por vezes as linhas são tingidas com as linhas já colocadas), que o pesponto fica perfeitamente direito.

Bainha clássica (com ou sem fita): Aquela bainha que é cosida a mão sem que se veja o ponto  na parte direita  (por vezes devido a textura dos tecidos é um processo difícil, pois tem que obedecer a espessura da agulha e o tipo de linha), no caso das bainhas com fita, esta tem que estar imaculadamente bem colocada para que a calca tenha um bom cair e não fique com foles.

Bainha Original: A bainha original é normalmente feita em calcas jeans, com lavagem de fabrica (aquele aspecto de usado e por vezes esgaçado). Esta bainha e feita de forma a que a barra lavada seja cortada e recolocada na calça sem que se note que foi mexida. Esta bainha permite que a calça mantenha o aspecto original. Tem que ser bem cortada e depois de abertas todas as costuras e recolocada na calca com todo o rigor original.

Bainha com fechos ou aplicações: Estas bainha podem ser simples ou originais mas teem um fecho ou outro tipo de aplicação no seu final. No caso dos fechos, teremos que analisar se a sua colocacao original permite o deslocamento total ou parcial do fecho, pois por vezes estes terminam com uma “mosca” efectuada em fabrica e muito dificil de retirar sem deixar rastro, assim nestes casos termos que encurtar o fecho, cortando, caso nao exista nada que o impeça, o fecho e subido pelo valor da marcaçao, ficando a pecha exactamente igual ao original. No caso de outras aplicaçoes, estas terao que ser analisadas por forma a ficarem com o mesmo formato.

Uma bainha perfeita, é  a chave  para o bem cair de uma peça de vestuário.